Convento de Santo André de Ancêde - Baião

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADPRT/MON/CVSAABAO
Date range
1140 Date is uncertain to 1834 Date is uncertain
Dimension and support
Papel
Extents
132 Livros
56 Páginas
47031 Folhas
9 Metros lineares
Biography or history
A sua fundação remonta ao ano de 1120. É possível que já nesta altura fosse ocupado por cónegos regulares, pois em 1141 a comunidade era dirigida por um prior. No catálogo das igrejas, comendas e mosteiros do reino de 1320, o mosteiro de Ancede foi taxado em 550 libras, soma importante se a compararmos com os valores das restantes igrejas da Terra de Baião que, na sua maioria, não ultrapassavam as 100 libras.

Na segunda metade do século XIV (1364), residiam no mosteiro 10 cónegos que em 1387 seguiam a Regra de Santo Agostinho. Em 1540 foi anexado ao convento dominicano de São Domingos de Lisboa.
Geographic name
Santo André de Ancêde - Baião
Legal status
A comunicabilidade dos documentos está sujeita ao regime geral dos arquivos e do património arquivístico (Decreto-Lei nº 16/93, de 23 de Janeiro)
Acquisition information
Documentação transferida da Repartição de Finanças do Porto para este Arquivo, juntamente com os outros cartórios monásticos masculinos do distrito em Julho de 1934.
Scope and content
A documentação deste fundo abarca predominantemente duas grandes áreas funcionais: administração eclesiástica, e gestão financeira. Contém registos referentes a tombo de títulos e títulos velhos, tombo dos foros e rendas do convento de Âncede nos concelhos de Sanfins e de Cinfães, tombos de Gobe, de Campelo, de S. João de Ovil, de Porto Manso, Esmoriz, entre outros.

Contém igualmente registos de sentenças, bulas e outros títulos, prazos e sentenças de Mizarela, prazos modernos, vedorias, apegações, foros de Paredes de Baixo, de S. João de Ovil, das propriedades foreiras e ainda registos de obrigações pecuniárias, assentos dos arrendamentos das dizimarias, documentos vários e livros de receita e despesa.
Arrangement
Ordenação numérica
Access restrictions
Unidades arquivísticas de acesso condicionado devido ao estado de conservação

Conditions governing use
A reprodução de documentos encontra-se sujeita a algumas restrições tendo em conta o número e tipo de documentos, o seu estado de conservação ou o fim a que se destina.
Language of the material
Lat (latim), Por (português).

Contém documentos em letra gótica
Physical characteristics and technical requirements
O estado de conservação é regular. No entanto existem livros que contém encardenação e fólios fragilizados. Fundo parcialmente microfilmado. Unidades arquivísticas de acesso condicionado devido ao estado de conservação
Other finding aid
Digitarq: base de dados de descrição arquivística

Em 1993 foi publicado pelo Arquivo Distrital do Porto o Guia do Arquivo que esteve em uso até 2005, cumulativamente com a descrição disponível através da aplicação de descrição arquivística Arqbase.
Creation date
6/13/2012 12:00:00 AM
Last modification
1/9/2024 11:05:36 AM
Record not reviewed.